Foro de São Paulo tenta ressuscitar no Chile e no Equador; esquerda promove bagunça pelo mundo

Com as torneiras do BNDES secas após eleição de Jair Bolsonaro no Brasil, Foro de São Paulo agoniza nos países vizinhos.

Zumbi, após a perda do dinheiro desviado via corrupção dos cofres do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Foro de São Paulo tenta se reerguer na América do Sul, causando desestabilização no Chile e no Equador.

Com violentos protestos e manifestações, a esquerda nestes países tenta desestabilizar o continente para dominá-lo novamente.

Espanha, Líbano, Hong-Kong e outros países também têm baderna promovida pelas mãos da esquerda

Veja a importante análise feita por Allan dos Santos, do Portal Terça Livre, durante o Boletim da manhã.

GAZETA CONSERVADORA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.