ENTREVISTA: o empresário e pré- candidato a prefeito da cidade Parnamirim (RN), Daniel Américo, fala à Trombeta

Perfil do entrevistado:

Daniel Américo é casado, pai de dois filhos, graduado em Física pela UFRN, professor de Pós-Graduação da UNINASSAU, empresário do ramo da educação, faz parte da Diretoria do CDL Parnamirim. O mesmo se destacou no ramo do empreendedorismo. Abriu um pequeno negócio aos 18 anos de idade, no ramo empresarial, tendo se destacado,o que fez com que se tornasse um grande empresário de Parnamirim. É uma pessoa que defende a política econômica de Paulo Guedes (Ministro da Economia), pois comunga com a ideia de que as privatizações e a redução de impostos são soluções viáveis que ajudarão o Brasil a se desenvolver..

HISTÓRIA POLÍTICA

Nosso entrevistado relatou que se destacou no empreendedorismo, notadamente no ramo educacional, com uma excelente gestão de bens e pessoas, com a finalidade de prestar um serviço de qualidade. As pessoas, tanto da empresa, como os funcionários, os gestores, quanto à clientela da sociedade civil, percebendo a desenvoltura do empresário nesse ramo, começaram a incentivá-lo a entrar na política, enxergando nele um enorme potencial.Desse modo, nos contou que seu nome como provável pré-candidato a uma chapa majoritária

surgiu naturalmente, foi uma construção progressiva, pois vendo tudo o que aconteceu nos últimos tempos na política brasileira, começou a falar do assunto e muito pesquisar sobre nossa história recente, tanto a nível nacional quanto local. “A bem da verdade”, disse ele, “Você não vai encontrar em lugar nenhum em Parnamirim, oficialmente, o meu nome escrito como pré-candidato a prefeito, mas o número de pessoas que abraçaram essa ideia e que querem que a mesma se realize é muito grande, ao ponto de me surpreender”, destacou. 

POLÍTICA LIBERAL  (DESBUROCRATIZAÇÃO)

Daniel é defensor e entusiasta da política econômica de Paulo Guedes, a quem pesquisou sobre as ideias do Ministro, suas posições ideológicas, sua política econômica liberal, a qual prega o estado mínimo e menos impostos e encargos para os cidadãos. Nosso entrevistado diz ser a favor das privatizações, à diminuição da burocracia imposta contra o cidadão que quer produzir, ter o seu próprio negócio.A nível de município, defende a ideia de simplificar, desburocratizar o sistema de exigências aos cidadãos que querem produzir, tornando mais simples a criação de microempresas e empresas de pequeno porte, posto que esse setor movimente, e muito, a economia.


EDUCAÇÃO

Que sabe que os investimentos na Educação ainda são poucos, mas que existem bons gestores que conseguem, com poucos recursos, prestar uma educação de qualidade. É preciso que se enxugue a máquina pública, diminuindo gastos desnecessários e investindo na educação. Nas duas últimas a maior preocupação foi construir escolas e que essa preocupação não deve mais existir, o que precisa é de inteligência, de gestão, para transformar os espaços que já existem, para promover uma educação de qualidade. O melhor caminho a seguir, na verdade são quatro: preparação para o ENEM; a preparação esportiva (os jovens não podem ficar na ociosidade); a qualificação técnica dos professores e a profissionalização dos discentes e a questão de formação mesma do indivíduo, resgate de valores. Um secretário de educação não pode estar preocupado uma fossa que estourou ou um muro da escola prestes a cair, as prioridades devem ser na construção da cidadania do corpo discente.

INCENTIVO À ATIVIDADE EMPRESARIAL COMO FONTE DA PRODUÇÃO DE RIQUEZA

Perguntamos ao nosso entrevistado sobre especificamente a atividade empresarial e sua influência na economia. Daniel nos esclareceu que sempre foi um incentivador do desenvolvimento das pequenas e médias empresas, pois sabe que o peso do Estado, dos impostos, dos altos encargos trabalhistas, dificultam o desenvolvimento desse setor, por isso tem lutado para mudar esse quadro, pois, por experiência própria, seu conhecimento empírico, sabe que as atividades empresariais, sejam com negócios de pequeno ou grande porte, são fontes de produção de riqueza.

Que tem defendido a atividade dos pequenos comerciantes e se insurgido contra determinados atos do Poder Público, tentando atrapalhar a vida dos mesmos, impondo multas, impostos abusivos, etc. Tem visto, porém, a luta dos lojistas que tem conflitos com ambulantes que ocupam as calçadas das lojas, atrapalhando as vendas dos empreendedores lojistas. O Município tem que dar espaço a todos, para um convívio social e comercial pacífico.

ADRIANA NASCIMENTO E O EMPRESÁRIO DANIEL AMÉRICO, O QUAL NOS RECEBEU EM SUA CASA NA MANHÃ DESTE DOMINGO, 01 DEZEMBRO EM PARNAMIRIM- RN, E NOS CONCEDEU MEMORÁVEL ENTREVISTA.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.