Polícia diz que ataque ao Porta dos Fundos não foi terrorismo

Polícia diz que ataque ao Porta dos Fundos não foi terrorismo 18

A Polícia Civil do Rio investiga a motivação do ataque contra a sede da produtora Porta dos Fundos na última terça-feira (24).

Hoje (26) o secretário estadual de Polícia Civil, Marcus Vinícius Braga, afirmou que o caso não será classificado como terrorismo.

A linha de investigação adotada pelo delegado do caso apura a prática dos crimes de explosão e tentativa de homicídio.

Ao lado do subsecretário Operacional da Polícia Civil, e Marco Aurélio Ribeiro, o delegado Fábio Barucke informou que as imagens obtidas pela polícia mostram o momento exato da tentativa de homicídio.

“Houve um perigo grave e concreto contra um segurança que estava no local. Isso por si só já caracteriza tentativa de homicídio contra o segurança”, explicou.

O episódio aconteceu na terça-feira (24), após homens mascarados jogarem dois coquetéis molotov no edifício.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.