Mais de 8.000 coalas morreram em incêndios florestais no sudeste da Austrália

No estado australiano de Nova Gales do Sul (NSW), mais de 8.000 coalas morreram devido aos incêndios florestais em andamento, informou o SBS News. Essa é a estimativa da ministra australiano do meio ambiente, Sussan Ley. Isso representa cerca de 30% do número total de coalas no estado.

“Isso ocorre porque 30% do habitat dos coalas foi destruído. Mas só saberemos com certeza quando os incêndios forem extintos”, disse Ley nesta sexta-feira (27).

A ministra chamou o coala de “uma de nossas espécies mais emblemáticas”.

Nos estados de Nova Gales do Sul, Victoria e Austrália do Sul, incêndios florestais ferozes estão em andamento há semanas.

Em torno de Sydney foi declarado estado de emergência.

Os registros de temperatura também foram quebrados na região e a fase mais alta de alarme está em vigor.

Em Nova Gales do Sul, cerca de 2.500 bombeiros estão combatendo os incêndios.

conexão politica

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.