OMS atualiza números da pandemia: 372 mil casos, 100 mil já se curaram, e 16.231 mortos

Os números oficiais da OMS (Organização Mundial da Saúde) sobre a pandemia provocada pelo novo coronavírus, divulgados nesta terça-feira (24),indicam que há 372.757 diagnosticadas com covid-19, enquanto os mortos pela doença já somam 16.231. Nas últimas 24 horas, foram registrados 38.757 novos casos globais e 1.579 mortes a mais que no dia anterior.

Houve certa diminuição no número de novos casos e mortes diárias. De domingo para segunda-feira, a barreira de 40.000 infecções e a de 1.700 mortes foram ultrapassadas pela primeira vez.

Os países e territórios afetados já são 194 e já existem poucas nações que não registraram casos, incluindo alguns arquipélagos da Oceania, Coréia do Norte ou territórios em conflito onde é difícil obter dados, como Líbia, Sudão do Sul ou Iêmen.

Os números oficiais da OMS (Organização Mundial da Saúde) sobre a pandemia provocada pelo novo coronavírus, divulgados nesta terça-feira (24),indicam que há 372.757 diagnosticadas com covid-19, enquanto os mortos pela doença já somam 16.231. Nas últimas 24 horas, foram registrados 38.757 novos casos globais e 1.579 mortes a mais que no dia anterior.

Houve certa diminuição no número de novos casos e mortes diárias. De domingo para segunda-feira, a barreira de 40.000 infecções e a de 1.700 mortes foram ultrapassadas pela primeira vez.

Os países e territórios afetados já são 194 e já existem poucas nações que não registraram casos, incluindo alguns arquipélagos da Oceania, Coréia do Norte ou territórios em conflito onde é difícil obter dados, como Líbia, Sudão do Sul ou Iêmen.

100 mil já se curaram da covid-19

De acordo com os dados fornecidos pelos diferentes serviços de saúde em todo o mundo, foi alcançado o número de 100.000 doentes já recuperados. Isso significa que mais de uma pessoa em cada quatro infectados pelo coronavírus superou a doença.

A China continua sendo o país com os mais afetados, 81.000, e hoje relatou novamente casos de contaminação endógena após cinco dias consecutivos sem nenhum registro de transmissão local.

A Itália segue em segundo lugar no número de infecções, com quase 70 mil casos, seguida pelos Estados Unidos (50 mil) — que chama a atenção por ser, potencialmente, o novo epicentro da pandemia. A Espanha tem perto de 40.000 casos, segundo dados de suas autoridades de saúde.

da covid-19

De acordo com os dados fornecidos pelos diferentes serviços de saúde em todo o mundo, foi alcançado o número de 100.000 doentes já recuperados. Isso significa que mais de uma pessoa em cada quatro infectados pelo coronavírus superou a doença.

A China continua sendo o país com os mais afetados, 81.000, e hoje relatou novamente casos de contaminação endógena após cinco dias consecutivos sem nenhum registro de transmissão local.

A Itália segue em segundo lugar no número de infecções, com quase 70 mil casos, seguida pelos Estados Unidos (50 mil) — que chama a atenção por ser, potencialmente, o novo epicentro da pandemia. A Espanha tem perto de 40.000 casos, segundo dados de suas autoridades de saúde.

r7

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

%d bloggers like this: